domingo, 2 de agosto de 2009

As Férias do Emigrante

*

Já chegou a Portugal

Passar férias outra vez,

Num enlevo cordial

O emigrante português.

.

Traz na ‘‘mala de cartão’’

Mil histórias p’ra contar,

E a ânsia no coração

De a família abraçar.

.

Tanto tempo já passou

Sem os seus amigos ver,

Mas agora já chegou

P’ra com eles conviver.

.

Como ele fica contente

No regresso à sua terra,

Desfrutando novamente

A beleza qu’ela encerra.

.

Está a rua engalanada,

Tão linda que regozija

Toda a gente na calçada

Nestes dias de festa rija.

.

Vão ser horas d’alegria

Que aqui se vão passar

Esquecendo aquele dia

Em que tem que regressar.

.

Seu viver é uma rotina

De ir e vir com altivez

E assim cumpre a sua sina,

O emigrante português.

.

Rama Lyon

.

2 comentários:

nanda disse...

Férias felizes para quem as tiver e Portugal é um país muito bonito para passear. E é assim o meu amigo Rama, tudo da vida lhe passa como um filme, regista e descreve fielmente... beijnhos para o casal... com muita amizade, neste jardim da amizade,

nanda disse...

~Deixei no Viver e Sentir um poema escrito há algum tempo atrás a si... lembrei-me de o ir buscar a Laços de Poesia