terça-feira, 16 de dezembro de 2008

Pombinha mensageira

Conto de Natal
Oh pombinha mensageira
Da Boa Nova Celestial, Vem trazer à Terra inteira
A mensagem de Natal.
Diz ao povo que hoje tem
D'ajoelhar aos pés da cruz, É Noite Santa em Belém,
Nasceu o Menino Jesus.
.
Podes contar ao Universo,
Aquela simplicidade,
Com que Ele está no berço Num estábulo da cidade.
Na manjedoura deitado
Em tão bela companhia,
Com José sempre a seu lado
E sua mãe, Virgem Maria.
Diz também por toda a parte
Aos ''guerreiros'' desta Terra,
Que nunca será uma arte
A mania de fazer a guerra.
Jesus veio para salvar
Todo aquele que é capaz,
Da Sua palavra escutar
Seguindo o trilho da paz.
Deus queira que neste dia
A mensagem seja ouvida
Finde o mal, fique alegria
Na estrada da nossa vida.
RAMA LYON

1 comentário:

nanda disse...

Vida é isso mesmo... simplicidade, alegria e paz. Parabéns por falar nisso no seu poema. Se as palavras tivessem a força, de com a guerra parar!