quarta-feira, 21 de janeiro de 2009

Um jardim de poesia

*
*
Um jardim de poesia

Preparei o meu jardim

Com perfeita simetria,

Em vez de rosas e jasmim

Pus sementes de poesia.

.

Tenho pouca habilidade

Mas vejo que fui capaz,

Com a força de vontade

Na vida tudo se faz.

.

Quando a linda borboleta

Esvoaçar sobre este chão,

Verá que houve um poeta

Que lá semeou inspiração.

.

E até mesmo os passarinhos

Entre a ramagem, dispersos,

Vão esperar dentro dos ninhos

O nascer destes meus versos.

.

Como Deus é esperança

Deposito com firmeza

Toda a minha confiança

Nos poderes da Natureza.

.

Com paciência vou esperar

Que esses versos vão surgindo

P’ra mais tarde os colocar

Nas asas dum sonho lindo.

.

Quando o meu jardim crescer,

A minha alegria suprema,

É poder sempre viver

Á sombra desse poema.

.

Rama Lyon

2 comentários:

nanda disse...

Este seu poema já teve dois bons comentários no meu blog. Parabéns! Gostei!

Carla disse...

os meus parabéns,as vezes gostava de ter o seu dom mas pelos vistos nasce connosco.continue a escrever assim.muitos beijinhos de uma amiga e admiradora sua.Carla Torres