sexta-feira, 8 de janeiro de 2010

Amar é tudo

Amar

Amar é sentir que música é a tua voz É beijar as estrelas quando adormeço no teu peito Amar é sentir o mundo cantar quando estamos sós É esconder meu sorriso envergonhado sem geito Amar é esquecer o dia que passou É libertar os sentimentos presos na tua ausência É sentir que a saudade de mim te marcou Que sou de todos os perfumes a tua essência O amor não cumpre tarefas convencionais Oferece gestos sentidos de amor e carinho Amar é um não cansar, é um sempre mais É a certeza de não sentir sózinho Fernanda Rocha Mesquita

3 comentários:

Fernanda disse...

Obrigado pelo gesto, ao colocar o meu humilde poema aqui. Sao tantos os gestos de amizade desde que nos conhecemos da vossa parte, gestos que me dao a certeza de que a amizade existe com muito respeito e verdade. Sao palavras simples que dedico ao amor do qual, durante anos desacreditei. Obrigado pela coragem que sempre me transmitiram... Rama e Cidalia.

anita sereno disse...

ola passei para lhe desejar um bom ano 2010 e muitas poisias lindas como as que tem aqui tem no seu blog beijos e obrigada

Sonhadora disse...

Lindissimo poema...bela escolha.

Beijos

Sonhadora